Noticias Panificação

Métodos de Fabricação de Pães

Você já se perguntou porque ha tantas diferenças entre uma preparação de uma receita de pão para outra? Isso se deve em parte ao método escolhido para a fabricação do pão. Aqui você confere as diferenças de cada método e poe selecionar o que achar mais pertinente para você adotar nas suas formulações.

Métodos Pré Fermentos

  1. Usa – se a mistura de um dos métodos de pré fermentos como, levain, biga, esponja…
  2. Após fermentação de um dos métodos de pré fermentação, mistura se os demais ingredientes da receita seguido da sova para desenvolvimento do gluten.
  3. Divisão das massas (quantidades em gramas) seguido do boleamento.
  4. Descanso ou crescimento intermediário.
  5. Modelagem final e colocação das mesmas nas formas;
  6. Crescimento final (normalmente dobrar de tamanho);
  7. Cocção;
  8. Desenformar e resfriar para embalar ou cortar.

Método direto

  1. Mistura se todos os  ingredientes da receita seguido da sova para desenvolvimento do glúten.
  2. Leve descanso da massa (15-30 min)
  3. Divisão das massas (quantidades em gramas) seguido do boleamento.
  4. Descanso ou crescimento intermediário.
  5. Modelagem final e colocação das mesmas nas formas;
  6. Crescimento final (normalmente dobrar de tamanho);
  7. Cocção;

Método Sem descanso

  1. Mistura se todos os  ingredientes da receita seguido da sova para desenvolvimento do glúten.
  2. Divisão das massas (quantidades em gramas) seguido do boleamento.
  3. Descanso ou crescimento intermediário.
  4. Modelagem final e colocação das mesmas nas formas;
  5. Crescimento final (normalmente dobrar de tamanho);
  6. Cocção;
  7. Desenformar e resfriar para embalar ou cortar.

Método Continuo Industrial

  1. Mistura se todos os ingredientes Líquidos da receita (incluindo fermento).
  2. Aguarda-se o tempo de fermentação, após adiciona-se os demais ingredientes secos em linha junto com o desenvolvimento da massa (sova).
  3. Divisão das massas (quantidades em gramas) seguido do boleamento.
  4. Descanso ou crescimento intermediário.
  5. Modelagem final e colocação das mesmas nas formas;
  6. Crescimento final (normalmente dobrar de tamanho);
  7. Cocção;
  8. Desenformar e resfriar para embalar ou cortar.